quinta-feira, 14 de maio de 2009

EUA avisam: cyberataques serão respondidos com contra-ataques militares convencionais

Comentar Enviar por e-mail Enviar por Twitter Publicar no Facebook Promover no Orkut Imprimir ou Converter para PDF Ouça este post Mais opções (pop-up)
Cansados de ataques às suas redes, o Departamento de Defesa poderá agir como em uma guerra

Por Stella Dauer

“A Lei do Conflito Armado será aplicada a este domínio também”. Estas foram as palavras do general da Força Aérea americana Kevin P. Chilton, líder do Comando Estratégico do Estados Undios, em relação aos cyberataques que o governo vem enfrentando ultimamente. A notícia é do site SecurityFocus.

Isso significa que os casos virtuais poderão ser resolvidos no mundo físico, e que a resposta a esses ataques poderá ser decidida pelo presidente e pelo secretário da Defesa, e que as Forças Armadas poderão ser convocadas e postas em ataque. “Nosso trabalho será apresentar opções a eles, como qualquer outro comandante de combate poderia fazer”, ele disse ao site Star and Stripes. A sugestão e aposta de Chilton é a criação de um departamento sob o controle de um único comandante.

Fonte: Geek

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails